Pastel de Tentúgal

No início do séc. XIX se iniciou a confecção e comercialização destes palitos folhados que serviam como complemento à prestigiada cozinha que se praticava na hospedaria Dona Maria da Conceição Faria. O seu aspecto e gosto refinado levaram à alteração da sua designação logo nos primeiros tempos, popularizando assim a designação Pastel de Tentúgal. De textura crocante, é dos doces conventuais mais apreciados em Portugal hoje e é o produto mais importante da região de Coimbra.